Estudo revela que asma em idosos é predominante em mulheres

Pulmões

De acordo com um levantamento realizado na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro em 2015 sobre o perfil epidemiológico de asma em idosos, os resultados mostraram predominância em mulheres, sendo que 26,79% tinham rinite alérgica associada. A afirmação é da Dra. Fátima Emerson Coordenadora da Comissão de Assuntos Comunitários da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI).

Entre 5% e 10% dos idosos têm algum tipo de alergia e a rinite alérgica é uma das principais causas de consultas em ambulatórios e consultórios especializados, com prevalência significativa em pacientes com mais de 60 anos de idade. Embora seja uma patologia de pouca gravidade, a rinite alérgica interfere significativamente no bem-estar de seu portador. A asma ocupa a segunda posição, seguida da tosse.

Entre as manifestações dermatológicas, o prurido ocupa maior percentual de ocorrência, seguido de urticária, alergia a medicamentos e dermatite de contato.

O tratamento não difere daquele nas demais faixas etárias, na maior parte das vezes. Contudo, os idosos podem ter outras doenças, além da alergia, e usam outros medicamentos (polifarmácia). “Por isso, os cuidados devem ser rigorosos para avaliar ‘benefício versus risco’, para que se obtenha o melhor resultado de forma segura e eficaz”, explica Dra. Fátima.

Saiba mais sobre as doenças que costumam afetar pessoas idosas:

RINITE ALÉRGICA

Espirros repetidos, coriza abundante, congestão e coceira nasal. À medida que o processo inflamatório alérgico piora, compromete-se a mucosa de estruturas vizinhas, resultando em manifestações em olhos, ouvidos, seios da face, garganta e pulmões.

Podem ocorrer também lacrimejamento e coceira nos olhos, céu da boca, ouvidos e garganta. É comum a sensação de corrimento de secreção pela parte de trás do nariz para a garganta, conhecido pelo nome de gotejamento pós-nasal, provocando pigarro ou tosse insistente.

Nas manifestações mais intensas e demoradas de rinite, a secreção pode se modificar e tornar-se pegajosa, espessa e amarelada, principalmente quando ocorre infecção secundária no nariz e nos seios da face.

ASMA

Manifesta-se por crises de “falta de ar”, “chiado no peito”, cansaço e tosse, sintomas determinados por uma inflamação demorada (crônica) e persistente das vias respiratórias. A asma compromete cerca de 10% da população sendo que nos idosos é bastante frequente, a despeito do mito de que a asma “cura com a idade”.

As crises de asma podem variar desde uma leve sensação de cansaço até sufocação grave. Como é uma doença dinâmica, pode se manifestar de modo diferente num mesmo paciente, ora de forma discreta e controlada, ora grave e, sob certas circunstâncias, evoluindo rapidamente para uma crise descompensada.

micronebulizador

TOSSE

A tosse é uma queixa comum e pode ser um problema no caso dos idosos. Em primeiro lugar, por ser incômoda e interferir na qualidade de vida, do sono e do repouso noturno. Além disso, em grande parte dos casos, inicia-se a busca de alívio com xaropes caseiros, antitussígenos e expectorantes, que vêm se somar aos medicamentos que o idoso já utiliza. Contudo, é essencial buscar a causa da tosse, pois pode ser o sinal de diversas doenças, desde resfriados simples até problemas mais sérios.

Idosos podem ter a chamada “tosse crônica” de duração arrastada que pode estar associada com a alergia e necessitar tratamento especializado. Também pode ser causada por remédios para controlar a hipertensão e ser confundida com a alergia.

É importante ressaltar que a tosse nos idosos não é um problema banal controlado apenas por xaropes ou antitussígenos, mas é sobretudo um sinal de comprometimento do organismo por fatores importantes, e por isso a causa da tosse deve ser pesquisada.

ALERGIA NOS OLHOS

Os olhos se modificam com a idade, tornando-se mais secos e propensos a fatores irritativos. Soma-se ao fato de que as pessoas idosas em geral usam colírios com frequência, o que pode gerar ardência e desconforto, confundindo com alergia. As manifestações alérgicas nos olhos podem comprometer as pálpebras, cílios, conjuntiva, córnea e úvea. São as blefarites, conjuntivites, uveítes.

COCEIRA OU PRURIDO

Coceira na pele ou pruridermia é uma manifestação comum em idosos, devido às características da pele nesta faixa etária. É um sintoma que pode acompanhar várias situações de saúde e condições da pele. Pode ser sinal de problemas dermatológicos, outras doenças orgânicas ou ainda alterações emocionais.

URTICÁRIA

É uma erupção na pele manifestada por placas avermelhadas salientes, de tamanho variado, com coceira intensa. A urticária representa cerca de 1/3 das causas de consultas em clínicas ou ambulatórios voltados para atendimento de doenças cutâneas alérgicas. Entre os pacientes com mais de 60 anos, ocupa posição de destaque, se não pelo quociente de sua ocorrência, mas com certeza pela dificuldade de seu manuseio.

A urticária se manifesta por pontos e placas salientes (pápulas), em geral de aspecto avermelhado, de tamanho variável desde milímetros até vários centímetros. As lesões podem ser isoladas ou se juntar formando grandes placas. São normalmente bem delimitadas e costumam coçar muito (prurido). As pápulas têm duração fugaz, pois evoluem em algumas horas, desaparecendo sem deixar vestígios e mudam de localização, aparecendo ora num local do corpo, ora em outro.

ECZEMA DE CONTATO

Os eczemas de contato são produzidos pela ação direta de determinadas substâncias sobre a pele. Essas substâncias podem agir como irritantes da pele ou por mecanismos alérgicos. O aumento da industrialização determina uma maior exposição a novos produtos químicos capazes de provocar dermatite de contato. No idoso, particularmente, é importante destacar o papel de medicações de uso local (cremes, pomadas, loções) provocando eczemas. Outras causas em idosos incluem: cosméticos, bijuterias, produtos de limpeza etc.

ALERGIA A REMÉDIOS

O consumo de medicamentos em idosos aumenta progressivamente ano após ano, contribuindo para curar doenças, amenizar sofrimentos e melhorar a qualidade de vida, sendo um dos fatores responsáveis pela longevidade. Por outro lado, este aumento do uso pode resultar em reações adversas, como as reações alérgicas a medicamentos. Alguém que sempre tomou um remédio e nunca teve nada, um belo dia toma este mesmo remédio e fica com inchaços pelo corpo. Isto acontece porque a alergia não surge da primeira vez e sim quando já se tomou aquele remédio por várias vezes.

Analgésicos, antitérmicos e anti-inflamatórios são bastante utilizados por idosos, muitas vezes até mesmo sem receita médica e constituem um grande grupo de medicamentos, englobando desde a aspirina (ácido acetil salicílico ou AAS), passando pela dipirona (pirazolonas) e chegando aos chamados anti-inflamatórios não hormonais (diclofenaco, ibuprofeno etc.). Como todos agem pelo mesmo mecanismo, uma pessoa alérgica a um analgésico e/ou anti-inflamatório poderá desenvolver também a outros medicamentos similares.

remédios

Citam-se ainda: antibióticos, diuréticos, anti-hipertensivos, entre outros – que podem também causar alergia.

Contrastes iodados e anestésicos: podem ser causa de alergia em idosos e necessitam de orientação do alergista para que sejam orientados adequadamente.

Fonte: ASBAI- Associação Brasileira de Alergia e Imunologia /Gengibre Comunicação.

Esterilizador Ultravioleta elimina germes e bactérias em 6 minutos

 

Esterilizador UV Soniclear

 

Um esterilizador ultravioleta que elimina 99,9% de bactérias, germes, ácaros e fungos em apenas 6 minutos é o lançamento que a Soniclear coloca no mercado para esterilizar uma grande variedade de itens, como produtos para bebês, eletrônicos, estéticos e de higiene pessoal. O processo de esterilização se dá por meio de uma lâmpada que gera radiação ultravioleta, transformando o oxigênio em ozônio, destruindo completamente o DNA dos  micro-organismos depositados nos objetos utilizados no dia-a-dia.

O Esterilizador Ultravioleta Soniclear é portátil, leve, prático e  funciona com 3 pilhas médias AA. Possui um sensor que emite um sinal sonoro ao finalizar o processo de esterilização, desligando  o aparelho automaticamente, após 6 minutos de uso. Dispõe ainda  de um exclusivo sistema de segurança que desliga o aparelho, caso ele fique aberto ou inclinado, evitando o contato prejudicial da luz ultravioleta com os olhos.

O aparelho foi desenvolvido para esterilizar diversas categorias de objetos: mamadeira, chupeta, relógio, joia, bijuteria, óculos, caneta, smartphone, fone de ouvido, controle remoto, escova de cabelo, pincel de maquiagem, tesoura, alicate de unha, escova de dente, prótese e aparelho dentário, acessórios para inalação, material de uso odontológico e cirúrgicos etc. Recomenda-se esterilizar um produto por vez.

O Esterilizador Ultravioleta Soniclear é certificado pelo FDA (agência americana que regula medicamentos e alimentos) e pode ser adquirido pelo sistema e-commerce, nos principais sites de compra, em lojas  de produtos infantis e especializadas em materiais cirúrgicos.

 

Outubro Rosa: aprenda a fazer o autoexame de mama

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho

Todos os anos, durante o mês de outubro, as campanhas de orientação e esclarecimento sobre o câncer de mama são intensificadas levando à população a se conscientizar sobre essa doença, que se for diagnosticada precocemente, registra alto índice de cura.  “Outubro Rosa”, como é conhecido, é lembrado no mundo inteiro, simbolizado por um laço cor de rosa.

Uma das principais recomendações para se detectar alguma anomalia nos seios, é o toque, o autoexame das mamas, uma conduta prática e simples e  que deve fazer parte da rotina de todas as mulheres.

 

Aprenda a fazer o autoexame com base nessas ilustrações do IBCC (Instituto Brasileiro de Controle do Câncer). Habitue-se fazer o autoexame durante o banho ou em frente ao espelho, observando se há algum caroço ou nódulo nas mamas e na região das axilas.

No chuveiro ou deitada: coloque a mão direita atrás da cabeça. Deslize os dedos indicador, médio e anelar da mão esquerda suavemente em movimentos circulares por toda mama direita. Repita o movimento utilizando a mão direta para examinar a mama esquerda.

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho-chuveiro-ou-deitada

Diante do espelho:

Inspecione suas mamas com os braços abaixados ao longo do corpo.

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho

Levante os braços, colocando as mãos na cabeça. Observe se ocorre alguma mudança no contorno das mamas ou no bico.

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho-2

Repita a observação, colocando as mãos na cintura e apertando-a.Observe se há qualquer alteração.

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho3

Finalmente, esprema o mamilo delicadamente e observe se sai qualquer secreção. A observação de alterações cutâneas ou no bico do seio, de nódulos ou espessamentos, e de secreções mamárias, não significa necessariamente a existência de câncer.

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho4

O que procurar?

  • Caroços (nódulos).
  • Abaulamentos ou retrações da pele e do complexo aréolo-mamilar (bico do seio).
  • Secreções mamilares existentes.

Orientações

  • O autoexame permite perceber alterações nas mamas. Frente a qualquer sinal de alarme, procure um mastologista (médico especialista em mamas).
  • O autoexame deve ser realizado uma vez a cada mês, na semana seguinte ao término da menstruação. As mulheres que não menstruam devem determinar um dia específico para repetir o autoexame todo o mês.
  • O autoexame não é um método diagnóstico e não substitui a visita ao mastologista. A mamografia é o único método de detecção precoce. Portanto peça sempre orientações a um médico especialista.
  • Consulte o ginecologista uma vez por ano a fim de detectar a doença ainda na fase inicial.
  • Mulheres a partir de 40 anos devem fazer a mamografia anualmente. Este exame é capaz de identificar nódulos e tumores imperceptíveis.

 

27 de Setembro: Dia do Idoso

1186565_70607721-(1)

Para comemorar o Dia  do Idoso (27 de setembro no Brasil e 1 de outubro no mundo), reproduzimos o artigo “Ser ou Estar Idoso”, da especialista Andrea Deis, Gestora Empresarial pela FGV, Pedagoga e Master Coach. O assunto vale uma reflexão profunda sobre a arte de envelhecer, com qualidade, sabedoria e alegria.

Ser ou Estar idoso?

Se tem algo que ainda está impraticável é o congelamento de vidas.

Todos os dias que estamos vivos ganhamos mais um dia de experiências, de alegrias, de tristezas, de aprendizados e principalmente de maturidade.

Não se pode desconsiderar de que o aspecto fisiológico existe e que podemos nos preparar para ele assim como os emocionais.

Jovens se decepcionam, a melhor idade entende.

Jovens se aglomeram, a melhor idade se reserva.

Jovens gritam, a melhor idade sussurra.

Jovens ocupam espaço, a melhor idade conquista espaço.

Jovens se atropelam, a melhor idade é atropelada.

O que somos hoje, o que fomos ontem ou o como seremos amanhã certamente fez, faz ou fará parte de nossas escolhas e posicionamentos frente a elas.

A maturidade vem chegando e com ela começamos a ocupar nossa mente com uma série de coisas, tais como:

– Não posso mais… estou velho!

– Não sirvo mais … estou velho!

– Não quero mais… estou cansado!

– O jovem precisa parar para me ouvir!

– Meus filhos não me amam!

– A vida é isto!

Sem falar na aposentadoria, quantas são as pessoas ficam sem rumo, depressivos com a chegada da tão famosa rotina de horário e responsabilidades, acordar pós aposentadoria se torna um pesadelo.

Os médicos se tornam amigos.

Os animais de estimação ocupam o coração.

about-a-dog-and-a-man-1376105-639x432

A maior certeza que temos é a que nascemos, nos desenvolvemos, crescemos, envelhecemos e deixamos aqui nosso legado.

O hoje foi o ontem, e será o amanhã

Portanto…

Independentemente da idade vamos:

Cultive amigos, não se restrinja ao passado permita-se viver esta nova fase.

Tenha hobbies, diversão e lazer é importantíssimo.

file0001276324455-(1)

Desenvolva a espiritualidade busque a paz e cultive o amor e a solidariedade.

Tenha um propósito, não desista de você.

Ame o presente e deseje o futuro.

Pratique esportes.

Tai Chi Group

Estude sempre, aprenda coisas novas, desenvolva sua capacidade criativa, reinvente-se.

Cultive relacionamentos duradouros, não cobre, ofereça

Seja grato.

Perdoe.

Ame a si e ao próximo todos os dias como se fosse o último dia.

288322_9491

Aceite o hoje como ele é, entenda os desafios do presente e crie oportunidades aqui, e agora.

O sucesso do passado não é capaz de te garantir o sucesso do futuro, mas pode ser seu diferencial no presente. Use seu repertório com a linguagem e necessidade do hoje.

Viver para mim, são escolhas e atitudes diárias que optamos por ter, ser, ou fazer em nossas vidas.

 

Inalapet, o inalador do seu bichinho de estimação

 

boy-and-cat-1310856-1919x1296 

No inverno e nos períodos de baixa umidade do ar, é muito comum as clínicas veterinárias receberem muitos animais com problemas respiratórios, para sessões de inalação. Foi pensando nisso que a Soniclear, empresa nacional fabricante de produtos para tratamento de doenças respiratórias, com 30 anos de tradição, reuniu sua expertise nesse mercado para criar a marca Sonipet e lançar o seu primeiro produto destinado ao segmento pet: o Inalapet, inalador ultrassônico para nebulização de animais.

Inalapet2 CMYK

O Inalapet proporciona ao animal o imediato alívio da crise respiratória- cerca de 13 minutos-, por possuir exclusivo sistema de ventilação, com alta vazão de ar, o que leva o medicamento rapidamente aos pulmões. O aparelho dispõe de duas máscaras flexíveis e ajustáveis para  diferentes tipos e portes de animais. Pode ser usado também em gaiolas, caixas de transporte e casinhas.

Com o Inalapet, a inalação é feita em casa, não estressando o aninal com o transporte para alguma clínica veterinária nos episódios de crise respiratória. É um aparelho prático e silencioso. Pode seu usado em cachorro, gato, coelho, aves, tartaruga, roedores e outras categorias de animais de médio e grande porte.

O Inalapet pode ser adquirido nos principais petshops, clínicas veterinárias  ou por meio de e-commerce, nos principais sites de compras. Para saber qual o local mais próximo onde encontrar o produto, ligue para (11) 2060-9500.

Livre-se dos “ladrões” de energia e viva feliz!

man-standing-on-the-wall-1437182

Tem dias que você observa que anda angustiado, com a produtividade baixa, sem entusiasmo para realizar as tarefas diárias, desanimado, desmotivado para o trabalho e para encontrar os amigos. Sabe-se que existem em nossa volta inúmeros “ladrões” de energia que interferem no humor e na alegria de viver em alto astral.

Para superar estes obstáculos, o líder espiritual tibetano Dalai Lama definiu os “10 ladrões da energia” que todos devem conhecer para dominá-los e não permitir que invadam o seu ambiente, prejudicando a sua qualidade de vida.

Aprenda a identificar situações e pessoas que “roubam” o seu bem-estar físico e mental e fique longe delas. Siga os ensinamentos do mestre Dalai Lama e passe adiante essa sabedoria para alcançar um mundo melhor .

– Pessoas negativas podem consumir sua energia. “Deixe ir as pessoas que somente chegam para compartilhar queixas, problemas, histórias desastrosas, medo e julgamentos dos demais. Se alguém busca uma lixeira para deixar seu lixo, não deixe que seja a sua mente”.

– Pague suas contas em dia. “Não há nada melhor para a sua tranquilidade do que saber que não deve nada a ninguém e que ninguém te deve. Cobre a quem te deve ou escolha deixá-lo ir, se for impossível cobrar”.

– Cumpra com suas promessas. “Se não cumpriu suas promessas, se pergunte por que tem resistência. Sempre tem direito a mudar de opinião, a se desculpar, a compensar, a renegociar e a oferecer alternativa ante uma promessa não cumprida. A forma mais fácil de evitar o não cumprir com algo que não quer fazer, é dizer NÃO desde o princípio. Cumprir com as promessas nos faz pessoas melhores tanto no campo pessoal como no profissional”.

– Delegue aquilo que não quer fazer. “Delegue aquelas tarefas que não prefere fazer e dedique seu tempo a fazer o que que gosta. Não se trata de escapar das responsabilidades, mas sim de ter consciência de que em certos casos o melhor é passar o trabalho para alguém que pode fazê-lo melhor ou que pode tomar seu lugar quando não se sente nas melhores condições de realizá-lo”.

– Descanse e aja. “Se dê permissão para descansar se estiver em um momento no qual necessita e se dê permissão para agir se estiver em um momento de oportunidade. Tanto a natureza como nossa vida possui diferentes ritmos no dia a dia e cada um de nós deve saber como agir diante disso. Muitas vezes não parar quando necessitamos pode ser um grande erro, e mesmo assim, não agir quando podemos, pode gerar futuros arrependimentos”.

– Limpe, desentulhe, organize-se. “Tire, arrume e organize, nada te toma mais energia do que um espaço desordenado, confuso e cheio de objetos do passado que já não precisa mais. É muito importante desapegar-se daquilo que não lhe serve mais. Deixe para trás tudo o que seja passado e pegue somente o que te permite  organizar para viver bem o presente e cumprir seus  sonhos futuros”.

file000812632808-(1)

– Cuide de sua saúde. “Dê prioridade a sua saúde. Tire alguns momentos para descansar. De nada  serve ter o melhor trabalho, muito dinheiro e os melhores bens, se não gozamos de boa saúde e não cuidamos de nosso corpo. Para desfrutar da vida com as melhores energias, devemos dedicar um merecido tempo a nosso corpo para desintoxicá-lo, meditar, nos alimentar bem, fazer exercícios, consultar um médico e fazer todo o necessário para estar bem de saúde”.

relax

– Enfrente situações difíceis.“Enfrente as situações tóxicas que está tolerando, desde resgatar um amigo ou um familiar, até suportar ações negativas de um companheiro ou um grupo. Enfrentar as situações é a maneira mais saudável de assumir e não deixar que se convertam em algo pior. É importante analisar e decidir a tempo, já que postergar ou ignorar o fato pode gerar estresse, dificuldade para se focar e problemas mais difíceis de solucionar”.

– Aceite.“Aceitar não é resignação, mas nada te faz perder mais energia que resistir e brigar contra uma situação que não pode mudar. Ainda que muitos acreditem que nada é impossível e que a esperança é a última que morre, em certos casos, a vida nos põe diante  de situações nas quais devemos aceitar que não podemos mudar e que a única forma será aceitar. Aceitar não quer dizer que devamos parar de lutar, quando aceitamos que não podemos mudar algo, também temos a possibilidade de mudar o plano e buscar novas oportunidades”.

– “Perdoe. “Deixe ir embora uma situação que esteja causando dor. Uma das maiores fontes de energia é o amor. É verdade que muitas vezes a vida nos coloca frente à situações que nos enchem de ira, de dor, de rancor e de medos, que dificilmente podemos superar. No entanto, quando decidimos não alimentar estes sentimentos e começar a perdoar, tudo em nossa vida melhora, e com o tempo nos damos conta que tomamos uma boa decisão. O ódio, o rancor e a ira são sentimentos que não nos trazem nada de bom e nos podem levar a tomar más decisões”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Puxe pela memória…

Untitled design (1)

Onde colocou a chave de casa? Foi viajar e chegando ao destino observa que esqueceu a nécessaire em cima da cama, com todos os itens de higiene pessoal e cosméticos que mais usa? O condomínio venceu na semana passada e você simplesmente não lembrou de pagar… À medida que envelhecemos, alguns lapsos de memória e dificuldade de atenção tornam-se comuns, porém o assunto é preocupante e precisa ser muito bem investigado para se chegar a um diagnóstico correto.

Durante todo o mês de setembro, esse tema é amplamente discutido, pois foi instituído o dia 21 de setembro como o Dia Mundial do Alzheimer, pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Segundo dados da Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz) , estima-se que existam no mundo cerca de 35,6 milhões de pessoas com a doença. Só no Brasil, há cerca de 1,2 milhão de casos, a maior parte deles ainda sem diagnóstico. A doença se apresenta como demência ou perda de funções cognitivas responsáveis pela memória, orientação, atenção e linguagem, em função da morte de células cerebrais. Se diagnosticada no início, é possível retardar o seu avanço, mantendo o controle.

No entanto, há inúmeras atividades que ajudam a manter o cérebro ativo, retardando o envelhecimento e trazendo mais qualidade de vida à população mais idosa. Confira:

LEITURA:  ler e prestar atenção no que está escrito é um exercício fundamental para ativar os neurônios.

558264_99177651

TESTE A SUA MEMÓRIA: existem vários modelos de testes que mostram como está a sua memória. Por exemplo, olhe atentamente por 1 minuto para um quadro ou fotografia e depois tente lembrar o máximo de detalhes dessa imagem.

FOCO: mantenha o foco naquilo que está fazendo. Não deixe  a ansiedade dominar o seu dia-a-dia.  Envolva-se numa atividade de cada vez. Dialogar com alguém checando o celular ao mesmo tempo, não dá certo.

– IOGA: a ioga é muito benéfica para desenvolver a calma, a atenção e a concentração, ajudando na prevenção de perdas cognitivas.

– EXERCÍCIOS FÍSICOS: a prática regular de alguma atividade física adequada à idade e sob orientação médica é essencial para melhorar a circulação sanguínea e o cérebro. Caminhe pelas ruas do bairro, na praia, nos parques, sem pressa. Faz bem ao físico e à mente.

later-walk-1387894-1279x962

– ALIMENTAÇÃO BALANCEADA: inclua no cardápio alimentos que contribuem para “turbinar” a memória: peixes, uvas roxas, grãos integrais, castanha do Pará. Acostume-se a ingerir alimentos mais naturais como legumes, verduras e frutas, livres de conservantes. E lembre-se de se alimentar cada 3 horas. Se permanecer muito tempo em jejum ou pular refeições, o nível de açúcar no sangue tende a cair  e sentimos aquela falta de energia, que se reflete no cérebro, com falhas de memória e falta de concentração.

616248_64275017

– FAÇA UM CURSO: se gosta de música, aprenda a tocar um instrumento; se prefere as artes plásticas, um curso de pintura ou artesanato vão lhe fazer muito bem. Exercite o olhar com um curso de fotografia. Nunca é tarde para começar a estudar.

man-s-best-friend-1434498-639x416-(1)

– INTERNET- a inclusão digital estimula a mente a se manter ativa e abre-se um novo universo repleto de informações e de novos conhecimentos. Peça ajuda aos mais jovens, se for preciso,  e  comece a desvendar esse enorme mundo virtual, repleto de novidades.

– VIDA SOCIAL: vá ao cinema e teatro, passeie com os amigos, troque ideias e experiências e tudo fica muito mais divertido!

file0001982052342

 

 

 

 

 

 

 

 

Por isso é importante programar passeios culturais para as pessoas acometidas pelo Alzheimer. É uma atitude de inclusão social, que pode ajudar a frear os primeiros sintomas da doença e preservar a sua qualidade de vida.

 

Hipertensão: mitos e verdades

aparrelho-de-pressão

A pressão alta é uma doença silenciosa e “democrática” que ataca homens, mulheres, brancos, negros, ricos, pobres, idosos, crianças, gordos,  magros, pessoas calmas e nervosas. Segundo informações da SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia), ela acomete 25% da população brasileira adulta, chegando a mais de 50% após os 60 anos e está presente em 5% das crianças e adolescentes no Brasil. É responsável por 40% dos infartos, 80% dos derrames (AVC) e 25% dos casos de insuficiência renal terminal, havendo necessidade de hemodiálise.

Você pode estar convivendo com essa doença, sem ter conhecimento disso, já que ela não apresenta sintomas. Somente quando a doença está numa fase muito avançada, podem ocorrer dores de cabeça, vômito, falta de ar, agitação e visão turva.

Por  isso, listamos alguns mitos  e verdades que cercam a hipertensão, lembrando que ela pode ser controlada, evitando assim graves consequências futuras.

MITO-  Basta retirar o sal da comida para evitar o aumento da pressão arterial.

O sal é um dos ingredientes que favorecem a hipertensão. Mas não é só ele o vilão. O sódio contido nos alimentos industrializados e temperos prontos também concentram quantidades altíssimas desse mineral. O brasileiro consome, em média, 12 gramas de sal por dia (uma colher de sopa), sendo que o recomendado é de até 6 gramas (uma colher de chá). Portanto, na hora das refeições, deixe o saleiro de lado e busque o prazer de preparar a sua refeição, com ingredientes mais saudáveis e naturais.

sal

VERDADE- O estresse aumenta a pressão arterial.

O estresse eleva a pressão arterial e reduz a circulação do sangue nas coronárias, podendo ocasionar infatos e arritmias cardíacas . Em situações de estresse, procure relaxar, busque uma atividade física que lhe traga prazer. No dia a dia, não permita que o estresse tome conta de sua rotina:  adote um animal, estude um instrumento e cuide de sua autoestima.

 VERDADE- O álcool prejudica o controle da pressão arterial.

O consumo excessivo de bebida alcoólica eleva a pressão arterial. Por isso, a recomendação é que as pessoas consumam bebidas alcoólicas moderadamente: uma dose diária para mulheres e duas para homens, o equivalente a uma garrafa pequena (long neck) ou lata de cerveja, uma taça de vinho ou uma dose de 50 ml de bebida destilada.

 beer-dude-1559597-1279x856

MITO-  Hipertensão tem cura.

O fator hereditário responde por mais de 90% dos casos e, nesse contexto, não pode ser curada. No entanto, pode e deve ser controlada, por meio de medicamentos prescritos pelo médico.

Siga esses mandamentos e tenha uma vida normal, cheia de saúde e bem estar:

– Meça a sua pressão uma vez por ano, se você tem pressão arterial normal (12×8). Acima de 13,5 x 8,5 (pressão alta) e abaixo de 9 x 5 (pressão baixa), a cada seis meses ou em períodos menores, de acordo com as orientações médicas.

–   Pratique atividade física regularmente.

–   Mantenha o peso ideal, evite a obesidade.

– Adote alimentação saudável: pouco sal, sem frituras e mais frutas, verduras e legumes.

–  Reduza o consumo de álcool e pare de fumar.

–  Evite o estresse. Dedique mais tempo para a família, os amigos e o lazer.

–  Nunca abandone o tratamento. Ele é para a vida toda.

 

 

Tire proveito dos alimentos funcionais e ganhe mais saúde

mixed-nuts-2-1320314-639x328

Você sabe o que são alimentos funcionais? Como eles agem no organismo? Pra que servem? Certamente já deve ter ouvido falar  nos inúmeros benefícios que esse tipo de alimento promove  para sua saúde e bem-estar. De fato, os alimentos funcionais devem estar presentes no cardápio de cada um, para serem consumidos regularmente. Vegetais, frutas e cereais integrais integram esse grupo, pois agregam um valor nutritivo em sua composição e, assim, desempenham uma função muito importante na redução de riscos de doenças.

Listamos aqui os principais alimentos funcionais investigados pela ciência, lembrando que o seu consumo deve ser combinado com uma dieta equilibrada para se alcançar  os melhores resultados.

Confira quais são esses nutrientes e em quais alimentos eles se encontram:

– Isoflavona: possui ação estrogênica, amenizando os sintomas da menopausa. Onde encontrar: soja e derivados.

soja

– Proteína de Soja: reduz os níveis de colesterol. Onde encontrar: soja e derivados.

– Ácidos Graxos Ômega-3: diminui o LDL (colesterol), possui ação antiinflamatória e é indispensável para o desenvolvimento do cérebro e da retina de recém nascidos. Onde encontrar: peixes marinhos (sardinha, salmão, atum, anchova, arenque, etc.).

smoked-salmon-1473138-1280x960

– Ácido Linolênico: estimula o sistema imunológico e tem ação antiinflamatória. Onde encontrar: óleos de linhaça, colza, soja; nozes e amêndoas.

– Catequinas: reduzem a incidência de certos tipos de câncer, diminuem o colesterol e estimulam o sistema imunológico. Onde encontrar: chá verde, cerejas, amoras, framboesas, mirtilo, uva roxa, vinho tinto.

red-red-wine-1318954-1919x1274

– Licopeno: antioxidante, reduz os níveis de colesterol e o risco de certos tipos de câncer, como de próstata. Onde encontrar: tomate e derivados, goiaba vermelha, pimentão vermelho, melancia.

tomatoe-3-1329324-639x426

Luteína e Zeaxantina: antioxidantes; protegem contra degeneração macular (comprometimento da visão). Onde encontrar: folhas verdes (luteína), pequi e milho (zeaxantina).

milho-2-1567312-640x425

– Indóis e Isotiocianatos:
indutores de enzimas protetoras contra o câncer, principalmente de mama. Onde encontrar: couve flor, repolho, brócolis, couve de bruxelas, rabanete, mostarda.

broccoli-1321915-639x426

– Flavonóides:  anti-câncer, vasodilatador, antiinflamatório e antioxidante. Onde encontrar: soja, frutas cítricas, tomate, pimentão, alcachofra, cereja.

– Fibras Solúveis e Insolúveis: reduzem o  risco de câncer de cólon; melhora o funcionamento intestinal. As solúveis podem ajudar no controle da glicemia e no tratamento da obesidade, pois dão maior saciedade. Onde encontrar: cereais integrais (aveia, centeio, cevada, farelo de trigo, etc.), leguminosas (soja, feijão, ervilha, etc..),  hortaliças com talos e frutas com casca.

breakfast-cereals-1-1319445-639x426

– Prebióticos – frutooligossacarídeos, inulina: ativam a microflora intestinal, favorecendo o bom funcionamento do intestino. Onde encontrar:  extraídos de vegetais como raiz de chicória e batata yacon.

– Sulfetos Alílicos (alilsulfetos): reduzem colesterol, pressão sanguínea, melhoram o sistema imunológico e diminui o risco de câncer gástrico. Onde encontrar: alho e cebola.

onions-and-garlic-1631724-638x475

– Lignanas: inibem tumores hormônio-dependentes ( um tipo de câncer de mama). Onde encontrar: linhaça, noz moscada.

– Tanino: antioxidante, antiséptico, vaso-constritor. Onde encontrar: maçã, sorgo, manjericão, manjerona, sálvia, uva, caju, soja.

red-apple-1324910-639x445

– Estanóis e Esteróis Vegetais: reduzem risco de doenças cardiovasculares. Onde encontrar: extraídos de óleos vegetais como soja.

– Probióticos – Bífidobacterias e Lactobacilos: favorecem as funções gastrointestinais, reduzindo o risco de constipação e câncer de cólon. Onde encontrar: leites fermentados, iogurtes e outros produtos lácteos fermentados.

Fonte: Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde

Vitamina D é muito benéfica para a saúde dos ossos

 

spring-boy-1541398Ossos fortes e musculatura firme são fundamentais para manter a sustentação do corpo. Hábitos alimentares saudáveis, prática de atividade física regular e ingestão de vitamina D são algumas recomendações que devem ser adotadas em benefício da saúde e da qualidade de vida.

O sol é a principal fonte para a sintetização da vitamina D. De acordo com as recomendações médicas, as pessoas devem se expor ao sol de 10 a 15 minutos por dia, de preferência pela manhã, e sem protetor solar nesse período. Os raios ultravioletas do tipo B (UVB), em contato com a pele, ativam a vitamina D no organismo e agem levando cálcio para dentro do osso, ajudando ainda a preservar ou aumentar a massa muscular.

A vitamina D, além de fortalecer os tecidos ósseos e os dentes, protege o coração e o sistema imunológico. É muito importante para as mulheres gestantes, a fim de evitar complicações no período de gestação, como diabetes, parto prematuro e infecções.

Na alimentação, os ovos, leites e seus derivados (queijo, iogurte), sardinha, atum, salmão e carne bovina estão entre os alimentos ricos em vitamina D e que devem fazer parte do cardápio diário.

got-milk-1528889-1279x852

A carência dessa substância pode ser considerada uma das causas de raquitismo na infância e osteoporose na fase adulta, com riscos de quedas e fraturas.

Mas como saber como andam as taxas de vitamina D no seu organismo? Um simples exame de sangue é capaz de identificar. Se  os índices apresentados estiverem insuficientes, o nutriente pode ser absorvido em forma de suplementos, comprados em farmácias ou manipulados.

Lembrando que, se consumida em excesso, a vitamina D pode prejudicar os rins. Por isso, procure sempre uma orientação médica, para saber exatamente a quantidade ideal que deve ser administrada.