Conheça os alimentos que provocam celulite e fuja deles

 

grill-1056427-1600x1200

Aqueles indesejáveis furinhos e a aparência de “casca de laranja” na pele, podem ter seus dias contados. A celulite – terror das mulheres- pode sim ser evitada, a começar pela alimentação. Excesso de gordura, doces, álcool, cafeína, bebidas gaseificadas e carboidratos refinados são os grandes vilões desse problema. Por isso, vale investir num cardápio balanceado e combinar o tratamento com cosméticos, drenagem linfática e atividade física regular para atingir resultados satisfatórios.

Siga essa disciplina alimentar e conquiste aquela pele lisinha e firme:

– Evite frituras e alimentos ricos em gordura saturada, encontrados em produtos de origem animal, como carnes bovinas e suinas gordurosas, manteiga, laticínios. Substitua por alimentos que contenham gordura insaturada, pois são mais saudáveis (azeite de oliva, abacate, castanhas, salmão, e produtos de origem vegetal como óleo de girassol, canola etc.)

– Regule a ingestão de açúcar refinado. Bolachas e bolos recheados, doces confeitados em geral, devem ser evitados o seu consumo em excesso. Troque por salada de frutas, que já contém o açúcar natural. E se der aquela vontade louca de comer um docinho, aposte no delicioso mix de frutas secas com castanhas.

pastry-dish-1514928-1598x1159

– Bebidas gaseificadas, como refrigerantes e água com gás, também contribuem muito para a formação da celulite, pois prejudicam a circulação sanguínea e dificultam a irrigação dos tecidos. Habitue-se a beber sucos naturais, água sem gás, água de coco e observe como sua pele ficará bem mais hidratada e bonita.

– Café e chá mate, se consumidos em excesso, possuem efeito diurético e, desta forma, desidratam o organismo. Por isso, não exagere nas doses. E lembre-se de não adicionar açúcar. Ou tome puro, ou acrescente algumas gotinhas de adoçante diet.

EPSON DSC picture

– Controle o uso de sal de cozinha, caldos e temperos prontos, embutidos e molho de soja. Esses produtos costumam ter altos índices de sódio, provocando a retenção de líquido e, consequentemente, colaboram para o desenvolvimento da celulite. O recomendado é consumir 2g de sódio por dia (uma colher de chá de sal). Para diminuir a retenção de líquido e aquela sensação de “inchaço”, aumente a ingestão de água durante o dia. Isso ajuda muito a evitar a celulite.

– Os carboidratos refinados (massas brancas, arroz branco, pão) devem ser evitados.Ao serem consumidos, eles se transformam em açúcar e gordura. Substitua pelas versões integrais, que além de serem mais ricos em nutrientes, ajudam no combate à celulite.

bread-p-atilde-o-2-1561228-640x480

– Atente para os excessos no consumo de bebidas alcoólicas, que também favorecem a retenção de líquidos, prejudicando a circulação. Não extrapole. Intercale as doses de bebida com copos de água. E saiba a hora de parar, a fim de não dar vexame.

tekila-1578326-1600x1200

Dançar ajuda a retardar o envelhecimento do cérebro, conclui estudo

file1021298161985

É fato comprovado! Dançar contribui para reverter sinais de envelhecimento do cérebro e ajuda na prevenção de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer.

De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas do Centro Alemão para Doenças Neurodegenerativas de Magdeburgo, publicada recentemente no periódico científico “Frontiers in Human Neuroscience”, a dança desenvolve o equilíbrio e fortalece a memória.

A análise contou com a participação de 26 voluntários idosos, divididos em dois grupos: uma turma- de 14 participantes e média de idade de 67 anos- ficou envolvida com a dança. O restante- 12 pessoas e idade média de 69 anos- praticaram exercícios aeróbicos de resistência e flexibilidade. As duas modalidades tinham 90 minutos de duração, 2 vezes por semana inicialmente, e depois, semanalmente.

Foram 18 meses de estudo, onde os idosos tiveram rotinas monitoradas de atividades físicas. O resultado mostrou que ambos os grupos apresentaram melhora no funcionamento do hipocampo — região relacionada à doenças, como o Alzheimer. Porém, somente a turma de dança apresentou aumento significativo na melhora do equilíbrio, o que segundo os cientistas, está relacionado aos movimentos dançantes.

“Nós tentamos oferecer aos idosos do grupo de dança uma constante mudança na rotina com diferentes gêneros músicas (jazz, música latina e line dance)”, disse Kathrin Rehfeld, autora do diagnóstico. E complementa: “Passos, movimentos com os braços, formações, velocidade e ritmo eram trocados a cada duas semanas para mantê-los no processo de aprendizado”, explicou. “O aspecto mais desafiador para eles foi lembrar das aulas sob pressão do tempo e sem nenhuma dica do instrutor.”

Então.. que tal se matricular numa escola de dança? Aproveite que o ano novo está chegando. Coloque em prática aquela tradicional frase… “no ano que vem eu começo…”. Dançar trabalha o corpo, ajuda a liberar o estresse, aumenta a autoestima, favorece a criatividade e o raciocínio. Além de ser uma ótima oportunidade de se relacionar e fazer novos amigos. Pense nisso e viva melhor.

Água, um santo remédio

file0001157940179-(2)

Seja no inverno ou verão, com o tempo úmido ou seco, estudando, trabalhando, na balada, acompanhado um xícara de café ou uma taça de vinho, a água é extremamente vital para manter o equilíbrio da saúde física e mental. Muitas vezes, mesmo sem sentir sede, é importante hidratar-se. Se ao terminar o dia você se der conta de que tomou pouca água, mude alguns hábitos. Comece a levar um copo d’água para a mesa de trabalho, ou uma garrafinha no porta-luvas do carro. De gole em gole você se sentirá hidratado durante todo o dia.

A quantidade de água que uma pessoa deve ingerir por dia, no entanto, não é igual para todos. Peso, metabolismo, atividades físicas praticadas entre outros fatores precisam ser avaliados. Por isso, existe um cálculo que mostra quantos litros de água o seu organismo necessita diariamente. A conta é simples: são 35 ml de água por quilo de peso corporal. Então basta multiplicar o seu peso por 35 para saber o resultado. Por exemplo, se você pesa 70 quilos, multiplique por 35. O valor de 2.450 ml ou 2 litros e 450 ml é a quantidade de água que você deverá tomar por dia.

Listamos aqui alguns dos principais benefícios que a água traz ao organismo.

– melhora as condições da pele, deixando-a radiante e hidratada;

– auxilia no combate à celulite;

– ajuda a eliminar toxinas do organismo;

– favorece o emagrecimento;

– deixa cabelos, olhos e unhas hidratados e saudáveis;

– melhora o funcionamento do cérebro;

– controla as caloridas ingeridas;

– aumenta a massa muscular;

– normaliza o funcionamento intestinal;

– regula a temperatura corporal.

E para incrementar ainda mais, dando um toque de charme à bebida, você pode acrescentar rodelas de limão, laranja, canela em pau, e tantos outros ingredientes, deixando a água aromatizada e com suave sabor.

Descubra o poder das plantas medicinais

ervas

A natureza é rica em plantas com altos poderes curativos, amenizando uma enorme variedade de doenças. Conheça algumas delas e saiba como usá-las para cuidar de sua saúde e bem-estar.

 
AGRIÃO: verdura muito comum em saladas no prato do brasileiro. De sabor ligeiramente amargo, atua como anti-inflamatório, expectorante das vias respiratórias, tosses e, por isso, é indicado nos casos de bronquites. Pode também ser acrescentado aos sucos ou tomado em chás.

ALFAZEMA (lavanda): o aroma de suas flores tem efeito calmante. Em óleo essencial, é muito eficaz no combate à insônia. Prepare essa receita simples e massageie o corpo antes de dormir: misture 100ml de óleo de amêndoa com 40 gotas de essência de alfazema. E bom sono!

ALECRIM: erva rica em óleos essenciais. Pode ser usado em compressas para aliviar contusões, hematomas e dores nas articulações. Dica de como usar: dilua 1 colher de café de óleo essencial de alecrim em 1 xícara de azeite de oliva. Espalhe na região dolorida com massagens suaves.

alecrim

ALHO: atua com muita propriedade contra o alto colesterol, além de ser expectorante e antisséptico. Rico em vitaminas A, B1, B2 e C, e de minerais como enxofre e iodo. Use nos temperos para dar sabor aos alimentos.

garlic-1-1322352-640x480

ARNICA: poderosa erva para tratamento de machucados e hematomas. Anote essa receita para ter em casa: 1 parte de arnica fresca, 5 partes de álcool de cereais (encontrado em farmácias) e 5 partes de água. Pique a planta e misture-a com os outros ingredientes. Deixe descansar por pelo menos 15 dias antes de usar. Aplique compressas em manchas arroxeadas. Um alerta: a tintura não deve ser ingerida e nem aplicada em feridas abertas. Se armazenada em local fechado, pode durar até um ano.

BABOSA (Aloe Vera): essa planta é muito utilizada em xampus e demais cuidados capilares para o tratamento de queda de cabelos e combate à caspa. Corte as folhas pela base e aplique o sumo (textura de gosma) diretamente nos fios. Para uso tópico. Não deve ser ingerida.

aloe-vera

BOLDO DO CHILE: melhora a digestão e as funções hepáticas. Bata as folhas com um copo de água e beba na mesma hora. Ou prepare um chá com suas folhas picadas. Funciona muito bem para o mal-estar alimentar.

CAMOMILA- erva muito usada para aliviar cólicas e dores musculares. É também muito presente na indústria de cosméticos em sabonetes, colônias e xampus pelo seu poder emoliente.

CARQUEJA: a planta é indicada em casos de desconforto estomacal, após uma refeição pesada, e ainda tem efeito diurético, ajudando a eliminar toxinas. Usada como chá: 1 colher de sopa da erva para 1 xícara de água.

ERVA-CIDREIRA: é confundida com o capim-limão. Seu chá é calmante e também ajuda a combater cólicas e gases. Utilize seus ramos frescos com água fervente, abafe e coe. Experimente também acrescentar ao suco de limão e bater no liquidificador para tomar bem gelado no verão. É muito refrescante.

EUCALIPTO: essa planta de folhas perfumadas possui componentes que deixam as secreções mais fluidas e fáceis de ser eliminadas, por isso é muito usada por aqueles que têm problemas respiratórios, como asma e bronquite. A inalação do vapor do eucalipto (1 litro de água fervente sobre 8 folhas de eucalipto) alivia a congestão nasal e melhora a respiração.

GUARANÁ: atua contra o estresse e é estimulante, aumentando a disposição. Dica de como usar: 1 colher de chá de pó de guaraná em 1 copo de água filtrada e acrescente 1 colher de sopa de mel (se quiser a mistura mais doce). Misture bem. Tome logo de manhã, em jejum. Evite consumir junto com bebidas que contenham cafeína, para não ficar muito agitado.

HORTELÃ: erva muito usada como tempero. Alivia as congestões nasais e é digestiva. Para ajudar na digestão faça um suco misturando 1 colher de chá rasa da erva em 1 copo de suco de laranja ou de abacaxi. Bata tudo no liquidificador ou faça um chá despejando 1 xícara de água fervente sobre 1 colher de sopa de folhas de hortelã. Abafe por 10 minutos e coe. Lembre-se de não ferver a água junto com a planta, pois isso faz o seu óleo essencial evaporar.

hortelã

PIMENTA: de sabor picante, essa especiaria facilita a digestão, alivia dores. Alguns estudos mostram que ela acelera o metabolismo, agindo na perda de peso. Quem sofre de úlcera e gastrite, no entanto, deve evitar o seu consumo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

ROSA MOSQUETA: muito usada na indústria de cosméticos, o seu óleo ajuda a regenerar os tecidos da pele, melhorando a sua textura e sustentação. Auxilia no clareamento de manchas, previne a formação de estrias e ativa o colágeno. Para atenuar manchas e cicatrizes, pingue gotas do óleo na região a ser tratada, massageando com movimentos circulares por 2 a 3 minutos. Para seu bom funcionamento, certifique-se de que cremes e loções tenham, no mínimo, 3% de óleo em sua fórmula.

VALERIANA: conhecida como sedativo,  combate a ansiedade e o estresse. Para diminuir a ansiedade, coloque 1 colher de chá da raiz fatiada em 1 xícara e adicione água quente. Abafe por cinco minutos e coe.

Existem muitas outras plantas com efeitos curativos. Porém , não exagere nas doses. E se estiver grávida, consulte um médico para evitar qualquer tipo de desconforto ou efeito indesejado no caso de incluir o chá ou o suco em seu cardápio.

Você já levou seu pet para doar sangue?

kittens-in-a-pot-1-1366178-1279x1077

Você sabia que, como os humanos,  os animais também têm o seu Banco de Sangue? Pouco se fala no assunto, porém, se você tem o seu animalzinho de estimação, saiba que ele pode doar ou receber sangue,  por meio dos Bancos de Sangue Veterinários, que ajudam a salvar vidas.

Para doar , o animal deve preencher alguns requisitos, de acordo com a sua espécie. Inicialmente, passa por uma bateria de exames, a fim de certificar que está em boas condições de saúde. No caso dos cães, eles podem doar até 450ml dentro do período de 30 dias. Já os gatos, de 20 à 40 ml, no período de 40dias. Para se repetir o procedimento de  coleta, deve-se esperar o prazo de 2 meses.  Ressalta-se que, cada bolsa de sangue coletada pode salvar até 3 vidas.

Diferentemente dos humanos, os animais não precisam estar em jejum antes da coleta. Entretanto,  recomenda-se evitar o consumo de alimentos horas antes do procedimento,  para facilitar no processamento dos hemocomponentes.
Quem pode doar?

animals-1-1410120-639x425

Cães
Os pré-requisitos para um cão ser doador são:
– Ter entre 1 e 7 anos;
– Ter pelo menos 25 kg;
– Estar clinicamente saudável:
– Ter temperamento dócil;
– Realizar controle de pulgas e carrapatos;
– Vermifugação e vacinação em dia;
– Não ter passado por procedimento cirúrgico recente;
– Fêmeas não podem estar prenhes.

Gatos
Os pré-requisitos para um gato ser doador são:
– Ter entre 1 e 6 anos;
– Ter pelo menos 4 kg;
– Estar clinicamente saudável:
– Ter temperamento dócil;
– Realizar controle de pulgas e carrapatos;
– Vermifugação e vacinação em dia;
– Não ter passado por procedimento cirúrgico recente;
– Fêmeas não podem estar prenhes.

Os Bancos de Sangue  para Animais podem ser encontrados em todo o Brasil. Saiba onde:

SÃO PAULO
Hospital Veterinário da Univ. Anhembi Morumbi
Rua Conselheiro Lafaiete, 64 – Brás, São Paulo – SP
(11) 2790-4693 / (11) 2790-4693 / (11) 2790-4642 / (11) 2790-4642
http://portal.anhembi.br/noticias/hospital-veterinario/

HOVET – Hospital Veterinário da USP
Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87 – Cidade Universitária – São Paulo, SP
(11) 3091 -1244 / 1248
www.hovet.fmvz.usp.br/

Hemovet
R. José Macedo, 98 – Vila Macedopolis, São Paulo – SP, Cep: 03236-020
(11) 2918-8050 / (11) 2918-8050
http://www.hemovet.com.br/

Pets & Life
Rua Araicás, 35 – Jaguaré, São Paulo – SP, Cep: 05343-010
(11) 3624-3958
www.petsandlife.com.br/

Banco de Sangue Veterinário
Rua Desembargador do Vale, 196 – Perdizes – São Paulo, SP
(11) 3476-9461 / (11) 3476-9461
http://www.bsvet.com.br/

Centro Veterinário de Bauru
Av. Getúlio Vargas, 15028 – Bauru – São Paulo, SP
(14) 3224-3183

Polivet Itapetininga
Rua Min. Esaú Corrêa de Almeida Moraes, 134 – Vila Rosa – São Paulo, SP
(15) 3272-6992 / (15) 3272-6992 / 3272-1991
www.polivet-itapetininga.vet.br/

BAHIA
Banco de Sangue Veterinário Hemodog
Rua dos Radialistas, 209, salas 1 e 2 – Pituba, Salvador – BA
(71) 3011-6846 / (71) 3011-6846
https://hemodog.wordpress.com/

MINAS GERAIS
Pronto Socorro Veterinário
Rua Jacuí 891, Bairro Floresta – Belo Horizonte – MG
(31) 3422-5020 / (31) 3422-5020
http://www.psvet24h.com/

Life Hospital Veterinário
Rua Platina, 165 – Prado – Belo Horizonte – MG
(31) 2552-5694 / (31) 3588-5694
http://lifehospitalveterinario.com.br/

Hospital Veterinário da Universidade Federal de Uberlândia
Av. Mato Grosso, 3289 – Bloco 2s – Umuarama, Uberlândia – MG, Cep: 38405-314
(34) – 3225-8404 / 3225-8405 / 3225-8408
http://www.hospitalveterinario.ufu.br/

PARANÁ
Pet Transfusion
Rua Holanda, 1204 – Bacacheri, Curitiba – PR
(41) 9171-8289 / (41) 8887-4949
www.pettransfusion.com.br/

UEL – Universidade Estadual de Londrina
Rodovia Celso Garcia Cid, Km 380, s/n – Campus Universitário, Londrina – PR, Cep: 86057-970
(43) 3371-4269 / (43) 3371-4269
http://www.uel.br/hv/

Hospital Veterinário da UFPR – Universidade Federal do Paraná
R. dos Funcionários, 1540 – Cabral, Curitiba – PR, Cep: 80035-060
(41) 3350-5663 / (41) 3350-5663 / (41) 3350-5664 / (41) 3350-5664
www.ufpr.br/portalufpr/hospital-veterinario

RIO DE JANEIRO
HEMOPET – Rio de Janeiro
Rua Conde de Bonfim 485 sala 303, Rio de Janeiro – RJ
(21) 7855-8898 – ID 83*31055. (21) 3176-2187
www.hemopet.net

Hemoterapet Rio de Janeiro
Rua Barão de São Francisco, 56 – Vila Isabel – Rio de Janeiro, RJ
(21) 3579-2220 / (21) 3076-2526 / (21) 3286-8888 / (21) 3286-8888
http://hemopet.net/

RIO GRANDE DO SUL
HCV – Hospital de Clínicas Veterinárias da UFRGS
Av. Bento Gonçalves, 9090 – Agronomia, Porto Alegre – RS, Cep: 90540-000
(51) 3308-6095 / (51) 3308-6095
http://www.ufrgs.br/hcv/

Bluts Centro de Diagnóstico Veterinário
Rua Dr. Florêncio Ygartua, 427 – Rio Branco, Porto Alegre – RS
(51) 3072-0427
http://bluts.com.br/

SANTA CATARINA
Hospital Veterinário da Unisul
Av. José Acácio Moreira, 787 – Humaitá, Tubarão – SC
(48) 3621-3221
http://www.unisul.br/hospital-veterinario-da-unisul

 

Veja também:

https://www.facebook.com/CaesEGatosSalvamVidasDoandoSangue/

Consultoria: Amanda Yuri Gomes- Médica Veterinaria (CRMV 31505).

Fontes:

http://www.gurupet.com.br/2017/09/caes-gatos-podem-doar-sangue/

http://www.hemovet.com.br/portal-carvalho-news-fev2017/

https://www.facebook.com/bancodesangueanhembimorumbi

 

Novembro azul: mês dedicado à saúde masculina

Novembro-Azul-(Sociedade-Brasileira-de-Urologia)

Os números são alarmantes. Segundo estimativas do INCA (Instituto Nacional do Câncer), 69 mil casos de câncer de próstata serão diagnosticados este ano no Brasil; a cada seis homens, um é portador da doença. O tumor de próstata é a segunda causa de óbito oncológico no sexo masculino e, apesar dos avanços terapêuticos e do aumento das campanhas de esclarecimento, ainda assim cerca de 25% dos pacientes com câncer de próstata morrem devido à doença.  Para alertar  sobre este sério problema de saúde masculina, o Novembro Azul  é o mês voltado à conscientização  das doenças que acometem o homem,  principalmente quanto à prevenção e diagnóstico precoce do Câncer de Próstata. Se detectado no início, as chances de cura são de 90%.

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, do tamanho de uma noz, localizada abaixo da bexiga e na frente do reto e uretra. Pequenas alterações nas células dessa glândula podem configurar o câncer, em menor ou maior grau. Daí a necessidade de exames anuais a partir dos 50 anos ou, 45 anos, caso haja histórico da doença na família ou se for da raça negra,  de acordo com as orientações da Sociedade Brasileira de Urologia.

No início, a doença costuma ser assintomática. Em estágios mais avançados, pode causar dificuldade e dor para urinar, além de apresentar sangue na urina e desconforto na região abdominal e nas costas.

O exame clínico (toque retal) e de sangue (dosagem do PSA) são os mais comuns para se chegar ao diagnóstico. A confirmação se dá após  a biópsia, removendo-se uma amostra da próstata para análise.

O tratamento é feito por meio de cirurgia, radioterapia, terapia hormonal, quimioterapia ou combinando-se um ou outro desses procedimentos.

Não adie a visita ao médico urologista e faça os exames recomendados. Deixe de lado o medo e o preconceito e cuide-se.

O Portal da Urologia disponibiliza  material para download http://portaldaurologia.org.br/destaques/novembro-azul/

Calcule o Índice de Massa Corporal (IMC) e veja se está no peso ideal  

 

Obesidade

Você já ouviu falar em IMC (Índice de Massa Corporal)?  O IMC é uma medida internacional, definida pela OMS (Organização Mundial da Saúde), usada para calcular o peso ideal  do indivíduo. Dependendo do resultado (confira na tabela abaixo), o diagnóstico vai apontar se a pessoa está muito abaixo ou muito acima do peso, de acordo com a sua altura.

O excesso de gordura corporal é muito prejudicial à saúde e merece cuidados médicos. “Ninguém tem obesidade porque quer ou escolhe ser obeso, pois não é uma questão de força de vontade, determinação ou caráter. A genética contribui com 70% para o desenvolvimento da obesidade, somando-se a outros fatores determinantes como alimentação e sedentarismo. É importante lembrar que, se o peso de uma pessoa está se elevando, é porque ela está comendo mais que o necessário, e o excesso está se acumulando na forma de gordura”, explica a Dra. Maria Edna de Melo, médica da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional São Paulo (SBEM-SP).

São inúmeras as complicações desencadeadas pela obesidade: artrose, diabetes mellitus tipo 2, hipertensão arterial, refluxo gastroesofágico, apneia do sono e até alguns tipos de câncer, levando as pessoas a viverem menos e com pior qualidade de vida.

Mudanças de hábito no dia-a-dia são fundamentais para combater essa doença. Por exemplo, investir numa alimentação saudável, diminuindo a ingestão de calorias; ter uma atividade física regular; buscar profissionais sérios que  trabalham com gestão de emagrecimento; e até reservar um tempinho na agenda para a meditação, prática que auxilia a desenvolver o foco e a disciplina, condutas muito importantes para se atingir qualquer objetivo na vida.

Se for preciso o uso de medicamentos para o tratamento da obesidade,  eles devem ser prescritos por um médico e, em casos mais graves,  a indicação é o procedimento cirúrgico.

Na tabela abaixo, você encontra o seu IMC, de acordo com sua altura e peso. Confira:

 IMC

Resultado Situação
Abaixo de 17 Muito abaixo do peso
Entre 17 e 18,49 Abaixo do peso
Entre 18,5 e 24,99 Peso normal
Entre 25 e 29,99 Acima do peso
Entre 30 e 34,99 Obesidade I
Entre 35 e 39,99 Obesidade II (severa)
Acima de 40 Obesidade III (mórbida)

http://www.calculoimc.com.br/

 

Estudo revela que asma em idosos é predominante em mulheres

Pulmões

De acordo com um levantamento realizado na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro em 2015 sobre o perfil epidemiológico de asma em idosos, os resultados mostraram predominância em mulheres, sendo que 26,79% tinham rinite alérgica associada. A afirmação é da Dra. Fátima Emerson Coordenadora da Comissão de Assuntos Comunitários da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI).

Entre 5% e 10% dos idosos têm algum tipo de alergia e a rinite alérgica é uma das principais causas de consultas em ambulatórios e consultórios especializados, com prevalência significativa em pacientes com mais de 60 anos de idade. Embora seja uma patologia de pouca gravidade, a rinite alérgica interfere significativamente no bem-estar de seu portador. A asma ocupa a segunda posição, seguida da tosse.

Entre as manifestações dermatológicas, o prurido ocupa maior percentual de ocorrência, seguido de urticária, alergia a medicamentos e dermatite de contato.

O tratamento não difere daquele nas demais faixas etárias, na maior parte das vezes. Contudo, os idosos podem ter outras doenças, além da alergia, e usam outros medicamentos (polifarmácia). “Por isso, os cuidados devem ser rigorosos para avaliar ‘benefício versus risco’, para que se obtenha o melhor resultado de forma segura e eficaz”, explica Dra. Fátima.

Saiba mais sobre as doenças que costumam afetar pessoas idosas:

RINITE ALÉRGICA

Espirros repetidos, coriza abundante, congestão e coceira nasal. À medida que o processo inflamatório alérgico piora, compromete-se a mucosa de estruturas vizinhas, resultando em manifestações em olhos, ouvidos, seios da face, garganta e pulmões.

Podem ocorrer também lacrimejamento e coceira nos olhos, céu da boca, ouvidos e garganta. É comum a sensação de corrimento de secreção pela parte de trás do nariz para a garganta, conhecido pelo nome de gotejamento pós-nasal, provocando pigarro ou tosse insistente.

Nas manifestações mais intensas e demoradas de rinite, a secreção pode se modificar e tornar-se pegajosa, espessa e amarelada, principalmente quando ocorre infecção secundária no nariz e nos seios da face.

ASMA

Manifesta-se por crises de “falta de ar”, “chiado no peito”, cansaço e tosse, sintomas determinados por uma inflamação demorada (crônica) e persistente das vias respiratórias. A asma compromete cerca de 10% da população sendo que nos idosos é bastante frequente, a despeito do mito de que a asma “cura com a idade”.

As crises de asma podem variar desde uma leve sensação de cansaço até sufocação grave. Como é uma doença dinâmica, pode se manifestar de modo diferente num mesmo paciente, ora de forma discreta e controlada, ora grave e, sob certas circunstâncias, evoluindo rapidamente para uma crise descompensada.

micronebulizador

TOSSE

A tosse é uma queixa comum e pode ser um problema no caso dos idosos. Em primeiro lugar, por ser incômoda e interferir na qualidade de vida, do sono e do repouso noturno. Além disso, em grande parte dos casos, inicia-se a busca de alívio com xaropes caseiros, antitussígenos e expectorantes, que vêm se somar aos medicamentos que o idoso já utiliza. Contudo, é essencial buscar a causa da tosse, pois pode ser o sinal de diversas doenças, desde resfriados simples até problemas mais sérios.

Idosos podem ter a chamada “tosse crônica” de duração arrastada que pode estar associada com a alergia e necessitar tratamento especializado. Também pode ser causada por remédios para controlar a hipertensão e ser confundida com a alergia.

É importante ressaltar que a tosse nos idosos não é um problema banal controlado apenas por xaropes ou antitussígenos, mas é sobretudo um sinal de comprometimento do organismo por fatores importantes, e por isso a causa da tosse deve ser pesquisada.

ALERGIA NOS OLHOS

Os olhos se modificam com a idade, tornando-se mais secos e propensos a fatores irritativos. Soma-se ao fato de que as pessoas idosas em geral usam colírios com frequência, o que pode gerar ardência e desconforto, confundindo com alergia. As manifestações alérgicas nos olhos podem comprometer as pálpebras, cílios, conjuntiva, córnea e úvea. São as blefarites, conjuntivites, uveítes.

COCEIRA OU PRURIDO

Coceira na pele ou pruridermia é uma manifestação comum em idosos, devido às características da pele nesta faixa etária. É um sintoma que pode acompanhar várias situações de saúde e condições da pele. Pode ser sinal de problemas dermatológicos, outras doenças orgânicas ou ainda alterações emocionais.

URTICÁRIA

É uma erupção na pele manifestada por placas avermelhadas salientes, de tamanho variado, com coceira intensa. A urticária representa cerca de 1/3 das causas de consultas em clínicas ou ambulatórios voltados para atendimento de doenças cutâneas alérgicas. Entre os pacientes com mais de 60 anos, ocupa posição de destaque, se não pelo quociente de sua ocorrência, mas com certeza pela dificuldade de seu manuseio.

A urticária se manifesta por pontos e placas salientes (pápulas), em geral de aspecto avermelhado, de tamanho variável desde milímetros até vários centímetros. As lesões podem ser isoladas ou se juntar formando grandes placas. São normalmente bem delimitadas e costumam coçar muito (prurido). As pápulas têm duração fugaz, pois evoluem em algumas horas, desaparecendo sem deixar vestígios e mudam de localização, aparecendo ora num local do corpo, ora em outro.

ECZEMA DE CONTATO

Os eczemas de contato são produzidos pela ação direta de determinadas substâncias sobre a pele. Essas substâncias podem agir como irritantes da pele ou por mecanismos alérgicos. O aumento da industrialização determina uma maior exposição a novos produtos químicos capazes de provocar dermatite de contato. No idoso, particularmente, é importante destacar o papel de medicações de uso local (cremes, pomadas, loções) provocando eczemas. Outras causas em idosos incluem: cosméticos, bijuterias, produtos de limpeza etc.

ALERGIA A REMÉDIOS

O consumo de medicamentos em idosos aumenta progressivamente ano após ano, contribuindo para curar doenças, amenizar sofrimentos e melhorar a qualidade de vida, sendo um dos fatores responsáveis pela longevidade. Por outro lado, este aumento do uso pode resultar em reações adversas, como as reações alérgicas a medicamentos. Alguém que sempre tomou um remédio e nunca teve nada, um belo dia toma este mesmo remédio e fica com inchaços pelo corpo. Isto acontece porque a alergia não surge da primeira vez e sim quando já se tomou aquele remédio por várias vezes.

Analgésicos, antitérmicos e anti-inflamatórios são bastante utilizados por idosos, muitas vezes até mesmo sem receita médica e constituem um grande grupo de medicamentos, englobando desde a aspirina (ácido acetil salicílico ou AAS), passando pela dipirona (pirazolonas) e chegando aos chamados anti-inflamatórios não hormonais (diclofenaco, ibuprofeno etc.). Como todos agem pelo mesmo mecanismo, uma pessoa alérgica a um analgésico e/ou anti-inflamatório poderá desenvolver também a outros medicamentos similares.

remédios

Citam-se ainda: antibióticos, diuréticos, anti-hipertensivos, entre outros – que podem também causar alergia.

Contrastes iodados e anestésicos: podem ser causa de alergia em idosos e necessitam de orientação do alergista para que sejam orientados adequadamente.

Fonte: ASBAI- Associação Brasileira de Alergia e Imunologia /Gengibre Comunicação.

Esterilizador Ultravioleta elimina germes e bactérias em 6 minutos

 

Esterilizador UV Soniclear

 

Um esterilizador ultravioleta que elimina 99,9% de bactérias, germes, ácaros e fungos em apenas 6 minutos é o lançamento que a Soniclear coloca no mercado para esterilizar uma grande variedade de itens, como produtos para bebês, eletrônicos, estéticos e de higiene pessoal. O processo de esterilização se dá por meio de uma lâmpada que gera radiação ultravioleta, transformando o oxigênio em ozônio, destruindo completamente o DNA dos  micro-organismos depositados nos objetos utilizados no dia-a-dia.

O Esterilizador Ultravioleta Soniclear é portátil, leve, prático e  funciona com 3 pilhas médias AA. Possui um sensor que emite um sinal sonoro ao finalizar o processo de esterilização, desligando  o aparelho automaticamente, após 6 minutos de uso. Dispõe ainda  de um exclusivo sistema de segurança que desliga o aparelho, caso ele fique aberto ou inclinado, evitando o contato prejudicial da luz ultravioleta com os olhos.

O aparelho foi desenvolvido para esterilizar diversas categorias de objetos: mamadeira, chupeta, relógio, joia, bijuteria, óculos, caneta, smartphone, fone de ouvido, controle remoto, escova de cabelo, pincel de maquiagem, tesoura, alicate de unha, escova de dente, prótese e aparelho dentário, acessórios para inalação, material de uso odontológico e cirúrgicos etc. Recomenda-se esterilizar um produto por vez.

O Esterilizador Ultravioleta Soniclear é certificado pelo FDA (agência americana que regula medicamentos e alimentos) e pode ser adquirido pelo sistema e-commerce, nos principais sites de compra, em lojas  de produtos infantis e especializadas em materiais cirúrgicos.

 

Outubro Rosa: aprenda a fazer o autoexame de mama

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho

Todos os anos, durante o mês de outubro, as campanhas de orientação e esclarecimento sobre o câncer de mama são intensificadas levando à população a se conscientizar sobre essa doença, que se for diagnosticada precocemente, registra alto índice de cura.  “Outubro Rosa”, como é conhecido, é lembrado no mundo inteiro, simbolizado por um laço cor de rosa.

Uma das principais recomendações para se detectar alguma anomalia nos seios, é o toque, o autoexame das mamas, uma conduta prática e simples e  que deve fazer parte da rotina de todas as mulheres.

 

Aprenda a fazer o autoexame com base nessas ilustrações do IBCC (Instituto Brasileiro de Controle do Câncer). Habitue-se fazer o autoexame durante o banho ou em frente ao espelho, observando se há algum caroço ou nódulo nas mamas e na região das axilas.

No chuveiro ou deitada: coloque a mão direita atrás da cabeça. Deslize os dedos indicador, médio e anelar da mão esquerda suavemente em movimentos circulares por toda mama direita. Repita o movimento utilizando a mão direta para examinar a mama esquerda.

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho-chuveiro-ou-deitada

Diante do espelho:

Inspecione suas mamas com os braços abaixados ao longo do corpo.

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho

Levante os braços, colocando as mãos na cabeça. Observe se ocorre alguma mudança no contorno das mamas ou no bico.

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho-2

Repita a observação, colocando as mãos na cintura e apertando-a.Observe se há qualquer alteração.

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho3

Finalmente, esprema o mamilo delicadamente e observe se sai qualquer secreção. A observação de alterações cutâneas ou no bico do seio, de nódulos ou espessamentos, e de secreções mamárias, não significa necessariamente a existência de câncer.

auto-exame-cancer-de-mama-ibcc-diante-do-espelho4

O que procurar?

  • Caroços (nódulos).
  • Abaulamentos ou retrações da pele e do complexo aréolo-mamilar (bico do seio).
  • Secreções mamilares existentes.

Orientações

  • O autoexame permite perceber alterações nas mamas. Frente a qualquer sinal de alarme, procure um mastologista (médico especialista em mamas).
  • O autoexame deve ser realizado uma vez a cada mês, na semana seguinte ao término da menstruação. As mulheres que não menstruam devem determinar um dia específico para repetir o autoexame todo o mês.
  • O autoexame não é um método diagnóstico e não substitui a visita ao mastologista. A mamografia é o único método de detecção precoce. Portanto peça sempre orientações a um médico especialista.
  • Consulte o ginecologista uma vez por ano a fim de detectar a doença ainda na fase inicial.
  • Mulheres a partir de 40 anos devem fazer a mamografia anualmente. Este exame é capaz de identificar nódulos e tumores imperceptíveis.